SEMANA DO MEI

- Por: Carlos Baumgarten

Pipoqueiro Valdir inspira empreendedores na Semana do MEI

Vendedor de pipocas em Curitiba, o empreendedor mostrou como superou as dificuldades para conquistar seus objetivos

Vestido a caráter, o Pipoqueiro Valdir dividiu sua história com o público da Semana do MEI - Dario G Neto - ASN Bahia
Vestido a caráter, o Pipoqueiro Valdir dividiu sua história com o público da Semana do MEI - Dario G Neto - ASN Bahia

Salvador – Ser o melhor pipoqueiro de Curitiba. Era o que tinha em mente Valdir Novaki, então balconista de uma banca de revistas no centro da capital paranaense no início dos anos 90. Ex-boia-fria, Valdir saiu da pequena cidade de São Mateus do Sul aos 18 anos e foi tentar ganhar a vida em Curitiba. Já se passaram mais de 20 anos desde então, e, agora, o pipoqueiro Valdir, como é conhecido, compartilha sua história de perseverança por todo o Brasil.

Na noite desta quarta-feira, 16, foi a vez do público baiano conhecer a trajetória do empreendedor, que participou do Seminário Papo de Negócios, na Semana do MEI, em Salvador. Valdir mostrou à plateia que um dos pontos fundamentais para fazer o negócio dar certo é ter foco. “Pedi a licença na prefeitura para vender pipoca em 1993 e só fui obter a autorização em 2006.Mas em nenhum momento desisti da minha ideia”, lembra.

Nesse período, Valdir continuou trabalhando na banca, mas, ao mesmo tempo, estudava os seus concorrentes, os outros 79 pipoqueiros que trabalhavam no Anel Central de Curitiba. Ao conseguir a licença, Valdir investiu suas economias em material: encomendou o melhor carrinho possível, comprou insumos e acessórios.

Empreendedor nato, o pipoqueiro conta que sabia que precisava se diferenciar dos demais e evitar cometer os mesmos erros que observou. Assim, Valdir não mediu esforços para sempre comprar os melhores insumos, oferecer o melhor atendimento e também zelar pela higiene de todo o seu material. “Procuro trazer pelo menos três inovações para o meu negócio a cada ano. A próxima será a implantação de um painel solar na minha nave (como ele se refere ao carrinho de pipoca), para gerar energia. Assim, ele não precisará de força física para se locomover, por exemplo”, explicou.

No aspecto do negócio, Valdir recorda como a formalização como microempreendedor individual contribuiu para a sua atividade. “Fui o primeiro MEI formalizado em Curitiba, em 2010. A partir daí, pude comprar produtos direto dos fornecedores, o que me trouxe preços muito mais acessíveis”, revelou.

Tendo conseguido concluir apenas a 4ª série primária, Valdir percorreu um caminho árduo para chegar onde chegou, mas, conforme ele pontuou, sempre manteve o foco em se tornar uma referência. Hoje, além da famosa Pipoca do Valdir, o empreendedor apresenta palestras em todo o Brasil, em parceria com o Sebrae em diversos estados e outras grandes empresas, relatando o passo a passo, desde quando deixou a vida na roça para tentar dar uma vida melhor à família até o negócio de sucesso que ele conduz hoje, contando com o apoio da esposa, do filho e da nora.

Marketing estratégico
Antes de Valdir subir ao palco, o consultor do Sebrae, Grimaldo Pinto, falou sobre marketing estratégico. Em sua apresentação, ele destacou a importância de proporcionar experiências ao cliente e estar atento às oportunidades. “O empreendedor precisa, acima de tudo, ter atitude para conquistar seus objetivos. E, a partir de ações simples, ele pode obter grandes resultados”, disse.

Sobre a Semana do MEI
Com foco em inovação e finanças, a 9ª edição da Semana do Microempreendedor acontece de 14 a 19 de maio, com mais de 16 mil vagas de capacitação gratuitas em 107 municípios baianos. Em Salvador, há capacitações ofertadas nos três turnos: manhã, tarde e noite. A programação completa e as inscrições estão disponíveis em www.semanadomei.com.br.

A programação da capital inclui mais de 6,5 mil vagas, em cerca de cem capacitações sobre temas diversos, como vendas, marketing, planejamento, acesso a crédito e oportunidades de negócios. Entre os destaques da edição deste ano, estão os seminários Papo de Negócios, com uma edição e especialistas a cada noite, e a parceria inédita com o Senac, que leva ao evento 30 oficinas sobre gestão, gastronomia e beleza.

A Semana do MEI conta com a parceria do Senac, Previdência Social, Shopping da Bahia, Fecomércio-BA, Procon, CDL Salvador, Prefeitura de Salvador, CEM – Centro do Empreendedor Municipal, SAC Empresarial e Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Governo da Bahia, além do patrocínio da Caixa Econômica.

Agência Sebrae de Notícias Bahia
(71) 3320-4557 / 4558 / 99669-8090 / 98263-0835
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.ba.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebraebahia
www.facebook.com/sebraebahia